Catálogo de Informação Agropecuária

Consulta

Logomarca da Instituição (ou biblioteca)

 






Registro Completo
Biblioteca(s):  Biblioteca Rui Tendinha.
Data corrente:  07/01/2014
Data da última atualização:  07/01/2014
Tipo da produção científica:  Publicação em Anais de Congresso
Autoria:  GRIPPA, G. de A.; REIS, F. de O.; OLIVEIRA JÚNIOR, L. F. G. de.; BISPO, W. M. da S.; NASCIMENTO, V. de L.; MATSUMOTO, S. T.; SANTANA, E. N. de.
Afiliação:  Gabriela de Almeida Grippa, UFES; Fabrício de Oliveira Reis, UFES; Luiz Fernando Ganassali de Oliveira Júnior, UFES; Wilka Messner da Silva Bispo, UFES; Vitor de Laia Nascimento, UFES; Silvia Tamie Matsumoto, UFES; Enilton Nascimento de Santana, Incaper.
Título:  Avaliação da aplicação do óleo de Schinus terebinthifolius no período pós-colheita de mamão.
Ano de publicação:  2008
Fonte/Imprenta:  In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 20.; ANNUAL MEETING OF THE INTERAMERICAN SOCIETY FOR TROPICAL HORTICULTURE, 54., 2008, Vitória. Frutas para todos: estratégias, tecnologias e visão sustentável: anais. Vitória: INCAPER: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2008.
Páginas:  5p.
Idioma:  Português
Conteúdo:  O mamão é um fruto climatérico tendo, no fim da fase de maturação, um aumento na produção de etileno que permite o amadurecimento depois de colhido (YAMANISHI et al., 2005). O fruto completa o amadurecimento em aproximadamente uma semana sob condições ambientais (FOLEGATTI; MATSUURA, 2002). Durante o período pós-colheita há um amaciamento do mesocarpo e do endocarpo e a produção dos açúcares e constituintes do flavor (PAULL; CHEN, 1983). A vida pós-colheita pode ser reduzida por causa de fatores pré e pós-colheita, como patógenos e fatores abióticos, os quais originam perdas quantitativas e/ou qualitativas (FOLEGATTI; MATSUURA, 2002). O mais importante agente causal de doenças póscolheitas em frutos é o fungo Colletotrichum gloeosporioides (TAVARES; SOUZA, 2005). Um único isolado deste patógeno pode originar tanto a antracnose quanto a mancha chocolate, podendo a lesão permanecer superficial ou penetrar no parênquima (ALVAREZ; NISHIJIMA, 1987). Em vista de reduzir o uso de fungicidas têm sido realizadas diversas pesquisas para controlar fitopatógenos (TRIPATHI; DUBEY, 2004). Diversos estudos sugerem a utilização de óleos essenciais devido a sua propriedade antifúngica (FENG et al., 2008). O óleo essencial do fruto de Schinus terebinthifolius (conhecida popularmente como aroeira) foi testado in vitro e foi eficiente contra o fungo C. gloeosporioides na concentração mínima de 0,5% (dados não mostrados). No presente trabalho foi avaliado o período pós-colheita de frutos de mamã... Mostrar Tudo
Palavras-Chave:  Aroeira; Colletotrichum gloeosporioides; Mamão; Pós-colheita; Schinus terebinthifolius.
Categoria do assunto:  --
URL:  http://biblioteca.incaper.es.gov.br/digital/bitstream/item/140/1/AVALIACAO-DA-APLICACAO-DO-OLEO-DE-Schinus-terebinthifolius-NO-PERIODO-POS-COLHEITA-DE-MAMAO-CD-ANAISsmallpdf.com.pdf
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Biblioteca Rui Tendinha (BRT)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status
BRT - MI1447 - 1UMTPC - DD

Voltar